A incompreensão entre o senso comum e a ciência: Ria um pouco. Reflita bem

Desta vez, vou deixar os textos mais extensos para mais tarde, mas adianto que vamos ter um conteúdo interessante nos próximos posts a respeito de ciência e jornalismo. Por enquanto, alguns memes interessantes que achei na internet especificamente a respeito da incompreensão entre pesquisadores e jornalistas. É coisa leve, vale a pena ver:

  • O astrônomo, divulgador da ciência e blogueiro Philip Plait, do Bad Astronomy destacou em um post na Discover Magazine uma tabela interessante na qual pesquisadores listam termos usados nas comunicações de seus estudos, os sginificados que as pessoas “comuns” percebem e o que os cientistas querem dizer, na verdade. A tabela consta do artigo “Communicating the Science of Climate Change, escrito por Richard C. J. Somerville e Susan Joy Hassol, e publicado na edição de outubro de 2011 da revista Physics Today, na página 48. Reproduzo abaixo porque mostra o quanto de atenção e cuidado requer o jornalismo de ciência se deseja realmente mediar o contato entre o senso comum e o saber científico – e também porque já foi replicado em diversos blogs dedicados à comunicação de ciência:

  • Um meme que mostra essa incompreensão de forma mais leve é o que segue abaixo. Serve também para reflexão dos jornalistas a respeito da diferença de ritmo de produção entre o mundo das notícias em fluxo constante e o reino da pesquisa. Esse está armazenado no ScienceMemeBase.com – Droping the Science. Uma bela visita, se me permite dizer:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s