Uma causa dolorida e as mudanças envolvidas

Após 50 anos dos primeiros casos de malformações por conta da talidomida, a fabricante do medicamento, a Grunenthal, inaugurou um memorial em uma estranha homenagem às suas vítimas nesta semana, na Alemanha. Nesse local, há uma estátua de uma criança sem os braços e as pernas, em uma referência às dezenas de milhares de pessoas afetadas pela droga, que foi colocada no mercado sem as devidas baterias de testes, nos anos 60. É irônico que a talidomida, que foi vendida como sedativo capaz de promover alívio para as náuseas matinais de gestantes tenha provocado tanta dor para tantas pessoas. Continuar lendo

Mudança tecnológica X mudança social: primeiras impressões

Em um desses dias em que estava jogando e conversando com um amigo sobre a vida, o trabalho, a família e as leituras edificantes que cada um estava tendo, falei de um livro que, posso dizer, ajudou a mudar algumas concepções que alimentava sobre ciência e sua relação com a sociedade.

Continuar lendo

Indícios, anúncios: a ciência em tempo real

No final de junho, a divulgação da descoberta de novos indícios da existência do Bóson de Higgs, a partícula que falta para validar a versão atual do Modelo Padrão, mobilizou nova rodada de notícias e reportagens mundo afora. Estamos sabendo desses avanços mais rápido do que antes? Isso é ruim para a credibilidade da Ciência ? Meus dois centavos: sim e não.

Continuar lendo