Leituras francesas, argentinas e brasileiras

Circulando rapidamente entre os feeds, enquanto reúno artigos e fontes para a pesquisa, encontrei algumas coisas interessantes para quem se interessa por jornalismo científico, e por jornalismo, afinal: Continuar lendo

Anúncios

Primeiro post original

Para marcar o primeiro post original deste novo blog, ofereço uma tag cloud com base no que produzi até agora sobre jornalismo científico. O ‘Do Paper à Pauta’ herdou, por assim dizer, os posts primeiramente postados no Notas&Café que se relacionam ao tema. O motivo é concentrar o material em um lugar, separando os tipos de assunto e as reflexões entre os dois espaços.

Até hoje, o que escrevi a respeito de jornalismo e ciência (ou veja aqui):

Outsights #5

Hoje, com mais tempo, decidi arrumar um pouco mais o blog, que ficou boa parte deste ano com poucas postagens e atenção porque eu trazia trabalho para casa. Incluí alguns links que tenho acompanhado mais de perto desde que despertei o interesse pelo jornalismo científico, troquei algumas coisas de lugar e então pensei: um post, para variar, cai bem.

Continuar lendo

Minha experiência em dobrar proteínas…

Testei o jogo Fold It, desenvolvido para reunir recursos humanos ao redor do mundo para uma tarefa difícil (prever uma forma estável de uma proteína, algo que os pesquisadores estavam demorando para conseguir usando apenas computadores) tornada divertida.

Continuar lendo

Testando o crowdsourcing via Foldit

Repercutiu na semana passada uma notícia intrigante: jogadores do videogame online Foldit teriam descoberto uma forma estável da estrutura da protease, uma das proteínas do vírus HIV que permite a sua reprodução dentro das células. Essa estrutura era objeto de pesquisadores há anos. O jogo em si não é novo, e já era bem conhecido nos Estados Unidos; o que parece ter provocado mais atenção foi o fato de envolver uma possível cura para a AIDS. O fato de se ter publicado o resultado na revista Nature também ajudou. Continuar lendo